Pesquisa científica com Afinando o Cérebro recebe menção honrosa na Unicamp

Home / Notícias / Pesquisa científica com Afinando o Cérebro recebe menção honrosa na Unicamp

Um jogo para identificar sons de buzinas de diferentes veículos. Ou o desafio de encontrar imagens iguais espalhadas em diversos chapéus. Ou quem sabe, uma caçada ao tesouro com o objetivo de identificar figuras de acordo com as frases faladas em meio ao ruído? 

Parece comercial de um novo vídeo game, não é mesmo? Mas, na verdade, é desse jeito que diversos pacientes com problemas de processamento auditivo, de aprendizagem, com Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) e dislexia podem desenvolver novas habilidades para a aprendizagem.

O site Afinando o Cérebro possibilita o treino auditivo, o exercício da memória e da tomada de decisões por meio de brincadeiras, jogos e atividades. Os resultados da utilização da plataforma chamaram a atenção de muita gente e conferiram, inclusive, uma menção honrosa para uma pesquisa científica que comprova o impacto positivo da sua utilização.

No post de hoje, apresentaremos informações a respeito da pesquisa científica e alguns dados para que você conheça essa poderosa estratégia de estimulação do processamento auditivo. Confira o que preparamos para você!

 

Sobre a pesquisa científica

A Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp organiza a Semana de Pesquisa com o objetivo de promover a interação e a discussão entre diversos grupos de pesquisa. Docentes, alunos e residentes apresentam palestras e pesquisas científicas sobre diversos temas.

A X Semana de Pesquisa da Unicamp, realizada entre 17 e 19 de maio de 2017, teve mais de 140 trabalhos inscritos. Após uma criteriosa avaliação, 10 pesquisas científicas receberam menção honrosa pela Comissão de Pesquisa do evento. Entre eles, um trabalho com treinamento auditivo que utilizou o Afinando o Cérebro.

Esse trabalho, que foi parte da pesquisa de doutorado da fonoaudióloga Letícia Reis Borges, contou com a participação do grupo de pesquisadores Milaine Dominici Sanfins, Caroline Donadon, Ingrid Gielow, Diana Melissa Faria, Jorge Rizzato Paschoal e Maria Francisca Colekla-Santos, e o objetivo foi analisar resultados obtidos em crianças com histórico médico de otite média por meio da estimulação do processamento auditivo.

Foram 8 sessões de estimulação preparadas e aplicadas em cabina pela Dra. Letícia Reis Borges, realizadas exclusivamente com o uso do Afinando o Cérebro. Após as sessões, a pesquisa científica constatou a melhora de todas as crianças que apresentavam falhas no Processamento Auditivo.

A menção honrosa da pesquisa científica reforça aquilo que diversos profissionais que usam o Afinando o Cérebro já perceberam: os resultados são efetivos.

 

Como funciona a ferramenta?

Você já parou para pensar sobre como a tecnologia faz parte da sua vida? Vivemos na era da tecnologia e da informação. Crianças, adolescentes e adultos estão constantemente conectados por meio de redes sociais, aplicativos e diferentes portais.

Pensando em tudo isso, o Portal Afinando o Cérebro disponibiliza maneiras de fazer o treino cerebral por meio do acesso ao computador, tablet e celular.

O portal oferece diversas atividades que ajudam a trabalhar habilidades de escuta e de concentração. A estimulação ocorre por meio da utilização de jogos e áudios no consultório do terapeuta e podem ser indicados para continuidade do treino em casa. Afinal, os jogos educativos ajudam na estimulação da linguagem desde a infância e sempre foram usados como estratégia para engajar as crianças no ambiente terapêutico.

O site é referência no tratamento de pessoas de diferentes idades e com diversas dificuldades: problemas de memória, concentração e processamento auditivo. Também é amplamente utilizado por quem deseja manter o cérebro ativo e funcional. O conteúdo do site também pode ser utilizado por pessoas que precisam desenvolver sua capacidade de escuta e atenção, já que essas habilidades são fundamentais dentro do ambiente educacional e corporativo.

A ferramenta oferece, além de atividades para os fonoaudiólogos estimularem o processamento cerebral auditivo e visual, a atenção, memória, linguagem oral e gráfica,  a possibilidade de monitorar a frequência das execuções dos exercícios e a evolução do desempenho em cada atividade realizada, dentro e fora do ambiente terapêutico.

Muitas coisas mudaram nos últimos anos. E o processo terapêutico não ficou de fora. Por esse motivo, a pesquisa científica que recebeu menção honrosa na Unicamp comprova  a eficácia e os profissionais que usam o Afinando o Cérebro percebem a mudança do envolvimento do paciente e a qualidade da estimulação produzida pelo uso dos jogos. Afinal, ele alia tecnologia, educação e fonoaudiologia, oferecendo mais de 117 estratégias para mais de 15 mil usuários cadastrados até o momento.

E você, já tinha ouvido falar dessa ferramenta? Que tal começar agora mesmo a trabalhar as suas habilidades ou as dos seus pacientes com os diferenciais do Portal Afinando o Cérebro? Entre em contato e lembre-se de deixar um comentário para enriquecer a nossa discussão! Até a próxima!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *